App vegetariano


Cearense cria primeiro aplicativo delivery 100% vegetariano do país.

Dimitri Fernandes é vegetariano há 13 anos e desenvolveu aplicativo gratuito nas versões Android e iOS.

Por Roberta Tavares em Tecnologia - Tribuna do Ceará.

No meio da dificuldade, o cearense Dimitri Fernandes encontrou oportunidade de se ajudar e ainda contribuir para a alimentação saudável de outras pessoas. Vegetariano desde os 15 anos, o empreendedor sempre se deparou com obstáculos ao tentar encontrar opções de delivery que se encaixassem na dieta. Decidiu, então, em fevereiro de 2015, desenvolver o primeiro aplicativo de pedidos delivery 100% vegetariano do Brasil.

“Eu tinha dificuldade, apesar de utilizar os principais aplicativos do mercado em São Paulo. Daí veio o clique de criar o produto unindo dois mercados que ganham cada vez mais força no país: o mercado de delivery online e o mercado de alimentação saudável e vegetariana/vegana”, conta Dimitri, hoje com 28 anos.

A princípio, o app Meatless funciona apenas em São Paulo, onde o idealizador reside. Segundo disse, após ter a ideia, validar o modelo e entender melhor o mercado, buscou parceiros técnicos para o desenvolvimento da plataforma. “Assim conheci o Rodrigo Borges, desenvolvedor mobile, e o Rodrigo Maués, designer, que acabaram virando meus sócios no projeto”, indica.

O app localiza onde o usuário se encontra e apresenta os restaurantes disponíveis. Os ingredientes são bem detalhados na ferramenta, para não deixar dúvidas quanto à composição dos pratos. “Adicionamos os cardápios de restaurantes vegetarianos ou as opções vegetarianas de restaurantes convencionais, oferecendo, assim, dezenas de opções de pratos para delivery”, explica.

Com fácil navegação e visual clean, a ferramenta já conquistou os amantes de uma alimentação mais saudável e livre de carnes. “O grande objetivo do Meatless é tornar uma alimentação sem carne algo mais acessível e prático para o maior número de pessoas. Entendemos que menos carne no prato pode ser uma atitude mais saudável e, principalmente, mais sustentável para o ambiente”. E parece que a intenção dos desenvolvedores vem dando certo: lançado em setembro do ano passado, o app já tem mais de 50 restaurantes parceiros e cerca de 10 mil downloads.

O Meatless, app gratuito, está disponível nas versões Android e iOS. “Ainda estamos em fase de reinvestir todo o lucro dentro do próprio negócio”, acrescenta o cearense. O próximo passo é expandir a ideia para outras cidades. O plano inicial é o Rio de Janeiro, seguido por Fortaleza e Belo Horizonte. “Ainda não temos datas exatas para iniciar as novas operações, pois estamos estudando os mercados”, conclui. A expectativa dos clientes e internautas vegetarianos é que a ferramenta chegue à capital cearense o mais rápido possível.

Fonte: Tribuna do Ceará.

Compartilhe:

ENTRE NA CONVERSA

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário